23/11/2010 - 08:54

Relatório do governo norte-americano é criticado em estudo

Artigo da revista Criminal Justice Policy Review, em novembro, vê falta de avanços na classificação de países quanto às atuações contra o tráfico de pessoas, elaborada anualmente pelo Departamento de Estado dos EUA

Por Repórter Brasil | Categoria(s): Notícias

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

A revista Criminal Justice Policy Review publicou, no último dia 9 de novembro, um estudo que busca aferir a eficácia do relatório anual divulgado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos. Na edição deste ano, os EUA se auto-avaliaram pela primeira vez e também apontaram uma série de problemas com relação ao Brasil, além de sugerir recomendações.

O estudo "The Efficacy of the Trafficking in Persons Report: A Review of the Evidence", elaborado por Alese Wooditch, da Universidade George Mason, conclui que a classificação em grupos de países (conforme os respectivos empenhos no combate ao tráfico de pessoas, sob o prisma do governo norte-americano) não evoluiu ao longo do tempo. Em 2010, o relatório foi apresentado pela 10a vez consecutiva após o seu lançamento, em 2000.

A alocação de fundos baseados nas recomendações decorrentes do sistema de classificação do relatório anual é falha, complementa a mesma análise. Indicações de políticas com relação ao combate ao tráfico de pessoas e implicações para futuras pesquisas também são discutidas.

A revista trimestral Criminal Justice Policy Review (CJPR) é uma publicação acadêmica multidisciplinar dedicada ao estudo de políticas de justiça criminal por meio de abordagens metodológicas quantitativas, qualitativas e mistas. Fundada em 1986, a CPJR serve de ponte entre acadêmicos, tomadores de decisão e gestores públicos e se dedica especialmente ao exame da implementação e da eficácia de iniciativas relativas ao tema.

Saiba mais sobre o estudo publicado pela CPJR

Notícias relacionadas:
Esquema de tráfico e escravidão de estrangeiros expõe EUA
Estados Unidos criticam Brasil em relatório sobre tráfico de pessoas
Governo federal rebate críticas dos EUA sobre tráfico de pessoas
EUA explicam porque Brasil melhorou no combate ao tráfico de pessoas
EUA vêem avanços do combate ao tráfico de pessoas no Brasil



Se você se identifica com o trabalho que realizamos e quer contribuir com o combate à escravidão, ajude a fortalecer nossos projetos de educação, jornalismo e pesquisa com apenas R$ 9 por mês. Clique no botão para tornar-se um assinante ou veja outras formas de apoiar.


Tags: Trabalho escravo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Repórter Brasil

Trabalho Escravo

Referências

Sites