Clipping - Fonte: Folha de S. Paulo

09/02/2012 - 00:00

Justiça condena Volks a pagar R$ 1 milhão por terceirização

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

A Volkswagen foi condenada a pagar R$ 1 milhão por danos morais coletivos porque empregava funcionários terceirizados na linha de montagem em São Carlos (232 km de SP).

Cabe recurso da decisão da Justiça.

De acordo com o procurador Rafael de Araújo Gomes, a fabricante deverá rescindir em até 60 dias o contrato com a empresa terceirizada SG Logística Ltda, que também foi condenada a pagar R$ 100 mil.

A condenação ocorreu, segundo Gomes, porque a terceirização se dava na atividade-fim da Volks. Caso a fábrica recorra, o pagamento da indenização ficará suspenso até o fim do processo.

A fábrica de São Carlos é voltada à produção de motores e é considerada uma das três maiores do segmento do Grupo Volkswagen no mundo, de acordo com a própria empresa.

Segundo Gomes, os terceirizados eram responsáveis por abastecer de peças a linha de montagem, onde atuavam os funcionários contratados. A Justiça entendeu que esta atividade era essencial para o processo produtivo, portanto, atividade-fim da indústria.

"A terceirização suprime direitos trabalhistas, o salário é menor e os direitos não são iguais", disse o procurador.

Segundo o procurador, a diferença salarial chegava a 50% entre terceirizados e contratados, excluindo-se os benefícios trabalhistas.

A sentença cita a presença de 209 terceirizados, mas o número pode variar de acordo com o aumento da demanda de produção.

Procuradas, a Volkswagen e a SG Logísitica informaram que não iriam se pronunciar porque o caso ainda está sub judice.



Se você se identifica com o trabalho que realizamos e quer contribuir com o combate à escravidão, ajude a fortalecer nossos projetos de educação, jornalismo e pesquisa com apenas R$ 9 por mês. Clique no botão para tornar-se um assinante ou veja outras formas de apoiar.



Repórter Brasil

Trabalho Escravo

Referências

Sites