Justiça

Estou com um processo na Justiça do Trabalho contra a empresa em que trabalhava, mas a mesma saiu do meu Estado. A Justiça pode dar o caso por encerrado sem que eu receba nada?

O simples fato de a empresa ter mudado de endereço ou saído do Estado em que o trabalhador prestava serviços não interfere no andamento do processo. O Juiz conduzirá normalmente o processo, independentemente do endereço em que se encontre a empresa. A única coisa que muda é que as notificações deverão ser encaminhadas pelo correio ao novo endereço indicado no processo. Caso o trabalhador seja vencedor na reclamação trabalhista, poderá requer ao Juiz que a execução do crédito seja feita por carta precatória (pedido para que o Juiz do local onde se encontra a empresa execute o crédito).
 17/11/2008

O simples fato de a empresa ter mudado de endereço ou saído do Estado em que o trabalhador prestava serviços não interfere no andamento do processo.

O Juiz conduzirá normalmente o processo, independentemente do endereço em que se encontre a empresa. A única coisa que muda é que as notificações deverão ser encaminhadas pelo correio ao novo endereço indicado no processo.

Caso o trabalhador seja vencedor na reclamação trabalhista, poderá requer ao Juiz que a execução do crédito seja feita por carta precatória (pedido para que o Juiz do local onde se encontra a empresa execute o crédito).

*Esta pergunta foi respondida por Wallace Faria Pacheco, auditor fiscal do grupo móvel de fiscalização

APOIE

A REPÓRTER BRASIL

Sua contribuição permite que a gente continue revelando o que muita gente faz de tudo para esconder

LEIA TAMBÉM