Pecuarista investigado por incêndio no Pantanal vendeu gado para governador do MS

Polícia Federal afirma que focos dos incêndios começaram em quatro fazendas – uma delas de propriedade de Pery Miranda Filho, que chegou a ser detido e teve relações comerciais com Reinaldo Azambuja (PSDB); há suspeita de que fazendeiros incendiaram o bioma para abrir pasto