Resultados de busca para:

Governo Bolsonaro volta atrás e cancela suspensão da reforma agrária

Cinco dias após suspender a política de reforma agrária no país, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) voltou atrás e cancelou a paralisação, que prejudicava a criação de assentamentos rurais e a titulação de territórios quilombolas em todo o...

Governo Bolsonaro suspende reforma agrária por tempo indeterminado

A reforma agrária durou menos de três dias no governo do presidente Jair Bolsonaro e não tem data para voltar a ser executada. As superintendências regionais do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) receberam, na última quinta-feira (3),...

Brazil: Bolsonaro supporter works to imprison Dorothy Stang’s successor

ANAPU, Pará state, Brazil – “Dorothy lives!” shouts a student with his fist clenched. Another ten people repeat the gesture and shout: “Always!” The cries of protest close a prayer held round the grave of Dorothy Stang, the U.S. missionary murdered in 2005 in the...

O que há por trás dos dois assassinatos de líderes do MST na Paraíba?

Cada pé de feijão, banana e maracujá na plantação da família Bernardo da Silva guarda um gesto de Orlando. A dedicação e as ideias do trabalhador rural se traduzem na fartura da plantação que cuidava. Ali, o vento sopra com a intensidade do litoral nordestino e faz as...

Resposta da Amissima

A Amissima vem a público esclarecer que jamais compactuou com qualquer tipo de trabalho que ofenda a nossa legislação trabalhista. Esclarecemos que já adotamos medidas corretivas e preventivas junto às empresas terceirizadas contratadas, assim como estamos...

Paraná revoga norma que criava margem de segurança para aplicação de agrotóxicos

A menos de 20 dias do fim do mandato da governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), uma resolução assinada por três secretários e os presidentes de duas autarquias estaduais revogou uma norma em vigor desde 1985 que estabelecia que agrotóxicos não podem ser aplicados...
Citrosuco entra para “lista suja” após derrota judicial

Citrosuco entra para “lista suja” após derrota judicial

Após derrota judicial, a Citrosuco S.A. Agroindústria, uma das maiores produtoras e exportadoras de suco de laranja do Brasil, entrou para a “lista suja” do trabalho escravo. O nome da empresa foi incluído nesta segunda-feira (17), depois que a Justiça do Trabalho...

Resposta da Citrosuco

“A Citrosuco repudia veementemente quaisquer práticas de trabalho análoga à escravidão e esclarece que é indevida a inclusão de seu nome no Cadastro de Empregadores do Ministério do Trabalho. Tal inclusão originou-se a partir de um auto de infração lavrado em 2013,...