EQUIPE

Fundada, em 2001, por jornalistas, cientistas sociais e educadores, a Repórter Brasil tem como missão identificar e tornar públicas situações que ferem direitos trabalhistas e causam danos socioambientais no Brasil visando à mobilização de lideranças sociais, políticas e econômicas para a construção de uma sociedade de respeito aos direitos humanos, mais justa, igualitária e democrática. Devido ao seu trabalho, tornou-se uma das mais importantes organizações envolvidas no combate ao trabalho escravo contemporâneo e ao tráfico de seres humanos no país.

Estrutura institucional

Presidente:
Leonardo Sakamoto

Conselho Diretor:
Claudia Carmello Cruz
Lúcia Ramos Monteiro
Carolina Falcão Motoki
Thiago Guimarães Rodrigues
Daniela de Carvalho Matielo

Conselho Fiscal:
Beatriz Costa Barbosa
Luiz Guilherme Barreiros Bueno da Silva
Spensy Kmitta Pimentel

Equipe

Quem são as pessoas que trabalham na Repórter Brasil.

Secretaria Executiva

Secretário-executivo da ONG Repórter Brasil. Na organização desde 2008, coordenou pesquisas sobre os impactos socioambientais da cadeia de produção agropecuária e de biocombustíveis. É formado em jornalismo e tem mestrado em ciência política, ambos na USP. É doutor em Planejamento de Sistemas Energéticos na Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Unicamp. Já trabalhou no Dieese, na editora Globo, no jornal Valor Econômico e no portal Carta Maior.

Formada em Relações Internacionais pela PUC-SP. É mestranda em Relações Internacionais pelo Programa de Pós-Graduação San Tiago Dantas (UNESP, UNICAMP, PUC-SP), pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os Estados Unidos (INCT-INEU), do Grupo de Estudos sobre Conflitos Internacionais (GECI) e do Núcleo de Estudos Transnacionais para Segurança (NETS). Pesquisa e escreve sobre conflitos globais e dinâmicas de violência na política internacional.

Jornalismo

Jornalista e mestre em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP), dirigiu e roteirizou diversos documentários sobre temáticas políticas e socioambientais, como “GIG – A Uberização do Trabalho” e “Extremistas.BR”, da Globoplay. Um dos fundadores da Repórter Brasil, já colaborou para diversas publicações, como BBC Brasil, Folha de S. Paulo, Rolling Stone e The Guardian. Vencedor do Prêmio Gabo e do Prêmio Vladimir Herzog de Anistias e Direitos Humanos.

Repórter investigativa e documentarista com 18 prêmios de jornalismo, entre eles o Gabriel García Márquez. Foi chefe-de-redação da Repórter Brasil, repórter especial na Agência Pública e repórter de política na revista Época. Colaborou para The Guardian e El Mundo. Dirigiu “Notícias de um Correspondente da Guerra na Amazônia” e “Slaves To Fashion”, da Al Jazeera. Formada em jornalismo na USP com pós em cinema na Queen Mary University of London.

Editor e repórter na Repórter Brasil, onde cobriu a pandemia de Covid-19, sobretudo a produção de vacinas e os gastos públicos. Foi repórter, repórter especial e editor no Portal R7, nas áreas de saúde, internacional e economia. Já colaborou com a Red Palta (rede de jornalistas latino-americanos para transparência e anticorrupção) e com os veículos The Guardian (Inglaterra), Ojo Público (Peru) e Revista Perfil (Argentina). Formado em jornalismo pela Universidade de São Paulo (USP), fez intercâmbio na Universidad Simón Bolívar (Venezuela) e tem formação extra em jornalismo digital pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais e em jornalismo para a paz pelo Instituto Internacional Histadrut (Israel).

Jornalista com foco em política, direitos humanos e meio ambiente. Editora na Repórter Brasil, já passou por veículos como Pública, Intercept Brasil, UOL e Folha de S.Paulo. Formada pela UFRGS, ganhou o Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos de 2022 na categoria produção jornalística em texto, é Jornalista Amiga da Infância pelo Andi, turma de 2021, Women Journo Heroes 2019, pela International Women’s Media Foundation e menção Honrosa do Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos de 2016.

Jornalista formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Exerceu a função de editora das versões impressa e online do jornal Maré de Notícias e tem passagens como repórter pelos jornais O Globo e O DIA. Além disso, coordenou as redes sociais do Parque Tecnológico da UFRJ e atuou com comunicação interna no programa Rio Sem Miséria, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro.

Repórter investigativo com 20 anos de experiência trabalhando em redações. É fellow do Rainforest Investigations Network do Pulitzer Center e colunista da Carta Capital. Recebeu nove prêmios por reportagens, entre eles o Vladimir Herzog e o Direitos Humanos de Jornalismo. Foi finalista dos prêmios Esso, Petrobras e do British Journalism Awards. Dirigiu o documentário Relatos de um correspondente da guerra na Amazônia. Trabalhou na Folha de São Paulo e em jornais de Minas Gerais. Escreveu para The Guardian, El País, BBC, Al Jazeera, Vice, Piauí e Caros Amigos. Foi diretor da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais.

 Repórter investigativa com foco em meio ambiente, política, direitos humanos e trabalhistas. Já colaborou para veículos, como The Guardian, UOL e Agência Pública. Formada em jornalismo pela PUC-SP e pós-graduada em sociopsicologia pela FESPSP, foi premiada pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico na categoria Comunicação – Mídia Impressa ou Sonora, e finalista do Sigma Awards e Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos.

Estudante de jornalismo no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. É assistente de comunicação na Repórter Brasil, onde realiza reportagens, edições no site e auxilia na gestão de redes sociais. Colaborou com o documentário “Relatos de um correspondente da guerra na Amazônia” e estagiou nas redes sociais da Agência Pública.

Educação

Jornalista e cientista social pela USP, mestre e doutora em Ciência Política pela mesma instituição, e pós-graduada em Direitos Humanos e Intervenção Humanitária pela Universidade de Bolonha. Foi repórter da Agência Carta Maior de Notícias; estagiou na United Nations Office on Drugs and Crimes (UNODC) de Viena no projeto contra tráfico de pessoas; trabalhou nas áreas de comunicação e educação de organizações da sociedade civil, como o Fundo Brasil de Direitos Humanos, Instituto Paulo Freire e Conectas Direitos Humanos.

Formado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Estagiou na assessoria de promoção do trabalho decente da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo. Foi bolsista de iniciação científica do PIBIC-CNPq com o tema “Genocídio Juvenil e movimentos latino-americanos de resistência”.

Antropólogo e mestre em Direitos Humanos e Cidadania pela UnB, doutorando em Ciência Política pela UNICAMP, foi pesquisador do Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios (CSEM), do Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra) e da Comissão Pastoral da Terra (CPT).  É autor de duas antologias de contos e do romance “Embaixo das unhas” (Ed. Penalux, 2021), vencedor do International Latino Book Awards 2022 e finalista do Prêmio Sesc e do Prêmio Kindle de Literatura em 2020.

Doutora e mestra em Direitos Humanos pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), dedica-se especialmente ao tema das migrações internacionais sob a perspectiva dos direitos humanos. Atuou em organizações da sociedade civil e instituições públicas, como o Museu da Imigração do Estado de São Paulo, o Centro de Apoio ao Migrante e o Núcleo de Educação para as Relações Étnico-Raciais da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Realiza consultorias para organizações nacionais e internacionais, como UNESCO, OIM e ICMPD.

Formada em Relações Internacionais pela PUC-SP. Estagiou no Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da FGV nas áreas de produção de conhecimento e apoio à implementação de políticas públicas do projeto Qualificação Direta em Primeira Infância. Possui linha de pesquisa acerca da etapa financeirizada e neoliberal do capitalismo em diálogo com a atual crise ecológica global.

Pesquisa

Secretário-executivo da ONG Repórter Brasil. Na organização desde 2008, coordenou pesquisas sobre os impactos socioambientais da cadeia de produção agropecuária e de biocombustíveis. É formado em jornalismo e tem mestrado em ciência política, ambos na USP. É doutor em Planejamento de Sistemas Energéticos na Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Unicamp. Já trabalhou no Dieese, na editora Globo, no jornal Valor Econômico e no portal Carta Maior.

Jornalista e pesquisador especializado em cadeias produtivas. Pela Repórter Brasil, coordena investigações em parceria com ONGs e organizações de mídia globais. Também é responsável pelo desenvolvimento de metodologias para coleta e cruzamento de dados. Foi ganhador do Prêmio Gabo e indicado a outros prêmios como o British Journalism Awards e o German Media Development Awards. Já ministrou aulas e cursos sobre jornalismo ambiental como, por exemplo, na Escola de Dados da Open Knowledge Brasil.

 Bruna Borges é jornalista formada pela USP. Trabalhou na Folha, no UOL e no JOTA. Foi repórter em Brasília entre 2014 e 2019 e acompanhou de perto importantes movimentos da política nacional como as eleições presidenciais, o impeachment de Dilma Rousseff e os trabalhos do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal. Em 2022, coordenou um projeto de reportagens e podcasts para investigar os impactos das eleições na Amazônia como bolsista do Amazon Rainforest Journalism Fund, em parceria com o Pulitzer Center.

Jornalista formada pela USP, especialista em gênero pela Universidad Autónoma de Barcelona e mestra em sociologia pela Unicamp. Desde 2004 é membro da Repórter Brasil, onde já coordenou o “Escravo, nem pensar!” (2006-2009) e prestou consultoria na elaboração de uma série de pesquisas e publicações, para organizações como OIT e UNODC. Foi coordenadora de educação e projetos especiais do Nexo Jornal, repórter da Agência Carta Maior, e já atuou na comunicação e como consultora de diversas organizações da sociedade civil.

É jornalista pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), cursa MBA em Diplomacia, Políticas Públicas e Cooperação Internacional e pós-graduação em Comunicação e Jornalismo Digital pela Intervale. Desde 2021, integra a equipe da Repórter Brasil, atuando na área de pesquisa e na gestão do aplicativo Moda Livre, com matérias republicadas em sites como UOL, Carta Capital e Brasil de Fato. É membro da JEDUCA e faz parte do itinerário de voluntariado do Grupo Marista, além de outros trabalhos voluntários.

Jornalista, é repórter investigativa com foco em meio ambiente, direitos humanos e trabalhistas. Foi repórter no Instituto Socioambiental (ISA), onde atuou junto a povos indígenas e comunidades tradicionais na Amazônia. Já teve reportagens publicadas em diversos veículos, como InfoAmazonia, Mongabay, Sumaúma, UOL, The Intercept Brasil, Le Monde Diplomatique Brasil e Agência Pública.

Naira Hofmeister é jornalista especializada em reportagens aprofundadas e investigativas. Já escreveu matérias de fôlego em mais de 30 veículos diferentes, brasileiros e internacionais, como The Intercept Brasil, El País, Mongabay, Deutsche Welle e Agência Pública. Na Repórter Brasil, integra a equipe que investiga impactos do agronegócio na Amazônia, no Cerrado e outros biomas. Também se dedica a investigar os fluxos financeiros que abastecem as grandes produtoras de commodities no Brasil. Nasceu e vive em Porto Alegre, mas já morou em Madri, onde estudou e trabalhou.

Poliana Dallabrida é jornalista formada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Desde 2016, atua em pesquisas sobre violações de direitos humanos e crimes ambientais em cadeias produtivas, com destaque para investigações de commodities do agronegócio. Já colaborou como repórter e editora do portal De Olho nos Ruralistas e Brasil de Fato. É mestranda do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

Doutora em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP-UERJ). Especialista em Cooperação Internacional e abordagens de Coerência de Políticas para o Desenvolvimento em agendas de governança, especialmente em Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e Ecologia Política. É pesquisadora associada do Laboratório de Análise Política Mundial (Labmundo) e do Centro de Referência em Soberania e Segurança Alimentar (CERESAN-UFRRJ), no qual atua no projeto “Just Food”, uma articulação em rede com diversos países da Europa com o objetivo de analisar critérios de justiça nas transições para economias de baixo carbono em cadeias produtivas e seus impactos socioambientais. Na Repórter Brasil atua na gestão da Aliança dos Direitos Humanos em Cadeias Produtivas e na representação da sociedade civil na PANAO.

Financeiro

É administradora, especializada em gestão de organizações sociais. Pós-graduada em gestão de projetos sociais para organizações da sociedade civil, pela PUC-SP, e em finanças e controladoria. Desde 2002, trabalha e presta consultorias nas áreas administrativa,  financeira e contábil em OSCs, tendo integrado, entre outras, a equipe da ABONG  e do Fundo Brasil de Direitos Humanos.

Administradora, com experiência nas áreas administrativa e financeira. Ao longo da minha trajetória profissional, destaco-me pela atuação em empresas privadas, somando a essa bagagem uma década de dedicação à área financeira do terceiro setor.

Formada em administração de empresas pela universidade paulista (Unip) pós-graduada em departamento pessoal e MBA de projetos sociais e direitos humanos pela universidade Anhembi Morumbi.  Atua na área financeira /administrativa desde 2008 com ênfase no terceiro setor.

Formada em Gestão de Recursos Humanos pela Uninove, formação em Administração em andamento pela Anhembi Morumbi.

Assessoria de imprensa

Profissionais da mídia, por favor entrem em contato com a Agência Ideal, pelo endereço de e-mail [email protected] ou pelos telefones: +55 (11) 91084-0882 e (11) 4873-7648.

Para questões relativas a licença para reprodução de conteúdo, clique aqui.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Receba nossas
investigações no seu email

APOIE

A REPÓRTER BRASIL

Sua contribuição permite que a gente continue revelando o que muita gente faz de tudo para esconder